John Green - Cidades de papel

outubro 13, 2015

Mais um êxito do nosso querido escritor John Green. 
Contanto com este livro, ainda só li 3 livros deste escritor:
-Cidades de papel
-A culpa é das estrelas
-A procura da Alaska
Bem, a única critica que tenho sobre estes 3 livros, já que os referi em cima, é de não ter piada gostar tanto das personagens para elas acabarem por morrer ou desaparecer... ou não ter sentido... quer dizer, isto só nos ensina que não há finais felizes, mas quando lemos um livro, gostamos de ler um final feliz! Mas isto não é razão para deixar de gostar dos livros dele.

Passando à parte da história, Quentin acaba por ficar sem a rapariga de quem gosta porque ela decidiu fugir de casa. Acaba por ser meio triste porque ele faz de tudo para a encontrar mas no final, ela não quer ser encontrada. Ele fica heartbroken, e nós também.
Esta história fala-nos de um grupo de adolescentes, em que se destacam o Quentin e a Margo ( por quem Quentin está apaixonado). Depois os dois amigos dele que o ajudam na sua longa viagem a procura de Margo: Radar e Ben.
Como já referi, Margo foge de casa decidida a não voltar. Quentin, apaixonado por ela e triste por ela ter ido embora, começou a procurar por ela em todos os sítios a zona onde ela poderia estar. Ele encontra pistas que a levam até ela e passado algum tempo ele e e os amigos partem à procura dela acabando por a encontrar mas, tristemente, ela não quer voltar.

Este livro é um romance publicado a 16 de outubro de 2008. Teve um filme que foi lançado no verão deste ano (2015). 
Preciso de ser sincera e dizer que fiquei um pouco desiludida com o filme, mas não me arrependi de o ter visto. De 0 a 10, dou-lhe um 7.

Agora sobre o autor... todos conhecem o norte-americano John Green, nasceu a 17 de agosto de 1977. É autor e vlogger. É dos meus escritores preferidos, sem dúvida.

Não só recomento este livro, como também recomendo os outros três que estão em cima. 

You Might Also Like

0 comentários

Com tecnologia do Blogger.

Translate