Em nome da memória - Ann Brashares

by - abril 22, 2016

Em nome da memória - Ann Brashares



Olá leitores, trago hoje um dos melhores livros que já li - Em nome da memória da autora Ann Brashares. É o primeiro livro que leio dela e como tal, fiquei bastante impressionada com a facilidade de interpretação da história e, apesar de haver algumas partes que ao princípio parecem ser um pouco confusas, acaba-se por entender bem com a continuação da leitura.

Titulo: Em nome da memória
Autora:  Ann Brashares
Género: Romance
Ano: 2010
Sinopse: Às vezes o amor dura mais do que uma vida

Daniel passou vários séculos a apaixonar-se pela mesma rapariga. Vida após vida, atravessando continentes e dinastias, ele e Sophia (apesar de ela mudar de nome e forma) têm sido atraídos um para o outro, e ele lembra-se de tudo. Daniel tem «a memória», a capacidade de recordar vidas passadas e reconhecer as almas daqueles com quem viveu anteriormente. É um dom e uma maldição. Por todas as vezes que ele e Sophia estiveram juntos ao longo da história, também foram afastados dolorosamente, fatalmente. Um amor sempre demasiado curto.

Intercalados na actual relação de Sophia e Daniel há vislumbres da sua longa história juntos. Da Ásia Menor em 552 à Inglaterra de 1918 e à Virginia de 1972, as duas almas partilham um longo e, por vezes, tortuoso caminho de busca contínua uma pela outra. Mas quando a jovem Sophia (agora «Lucy» no presente) começa finalmente a despertar para o segredo do seu passado em comum, a compreender a verdadeira razão da intensidade da sua atracção, a força misteriosa que sempre os afastou reaparece. Em última análise, têm de compreender o que se atravessa no caminho do seu amor para poderem passar a vida juntos.
 



“Por favor acredita nele. mantém o teu coração aberto a ele. Ele pode fazer-te feliz. Sempre te amou e tu outrora amaste-o, com todo o teu coração.”

Sobre: Daniel já viveu muitas vidas, assim como Sophia.
Daniel lembra-se de tudo. Ela não. Mas isso não faz com que o amor entre eles desapareça, Daniel encontra-a sempre e o seu amor profundo por ela, que dura há já mil anos, não o deixa perder a esperança que no fim, eles irão acabar juntos.
A história decorre no presente e no passado, saltando entre Virgínia US ( presente ) e outros países - África, Inglaterra, etc ( passado ).
Lucy, uma estudante, sente-se atraída por Daniel - o rapaz novo da escola, que todas as raparigas gostam, mas ela não sabe o que ele sente por ela nem que ela é a razão de ele estar lá.
Tudo acontece na noite do baile de formatura, onde acontece um acidente com um aluno e Lucy tranca-se no laboratório da escola. Mal sabia ela que não estava sozinha. Daniel, estando na mesma sala que ela, decide intervir na esperança de ela se lembrar dele e das suas vidas passadas - Sophie, Constance e agora Lucy. Depois de ela ter um momento por que tanto esperou com ele, ele acaba por assustá-la:


- Quem és tu? - sussurrou.
Os olhos dele pareceram dilatar-se e voltar a focar.
- Lembras-te?
Não conseguia ver nada à frente dela. A sala girou tão violentamente que teve de fechar os olhos, e ele estava ali também, por trás dos olhos dela, como se fosse uma memória. Estava deitado numa cama e ela olhava-o sentindo um vestígio de desespero que não compreendia.
Sentia-o agora a agarrar-lhe ambas as mãos, deu-se conta, e com força. quando abriu os olhos, a expressão dele era tão intensa que quis desviar o olhar.
- Lembras-te? - parecia que a vida dele dependia da resposta dela.
Ela sentiu-se assustada. Uma outra cena invadiu-lhe a mente, uma imagem que ela não conseguia localizar. Era ele. Mas num cenário diferente, num lugar que ela não conhecia. Era como se estivesse totalmente acordada e a sonhar ao mesmo tempo.
- Nós já nos conhecemos? - Tinha a certeza que era verdade, mas também que isso não era possível. Detestava não saber ao certo em que pé estava.
-Sim.
Viu lágrimas nos olhos dele.
Ele puxou-a para fora da secretária, obriando-a a colocar-se de pé, e abraçou-a, prendendo o corpo dela ao seu. Sentiu um embalo no poeito, mas não percebeu se era seu ou o dele.
-És a sophia. Sabias? - Lucy tinha a cabeça pressionada contra o pescoço dele e sentiu a humidade no topo da cabeça.
(...)
Libertou-se com alguma rudeza.
-Há alguma coisa de errado comigo. - declarou lacrimosamente.
Daniel não queria largá-la, mas viu a palidez e o medo estampados no rosto dela.
-Como assim?
-Tenho que me ir embora.
-Sophia.
Lucy deu-se conta de que ele agarrara duas mancheias do vestido dela e que não pretendia soltá-la.
-Não, sou Lucy.

Será que Lucy irá se lembrar das memórias passadas?
Esta história é cheia de emoções e bastante viciante. É contada na terceira pessoa e na primeira, explicando a vida de Daniel ao longos dos anos e como se apaixonou  por Sophia, que no presente se chama Lucy.


Este livro é digno de 5 estrelas, mas era suposto ter uma continuação que não está publicada  por este livro não ter compras suficientes para a editora lançar um segundo volume. Mas não deixem que seja um motivo para não lerem o livro, porque acreditem, este livro  merece ser lido e amado.



You May Also Like

0 comentários

Com tecnologia do Blogger.

Translate

Instagram